Querido Nilo,

Lá se vão 15 anos! Chuviscava manso naquela auspiciosa tarde de 21 de janeiro de 2004. Depois, naquele ano inteirinho, era contar os dias – e as horas – pra te ver de novo, pra acompanhar cada passo seu. Foram tempos lindos, de imenso esperançar!

Para o seu primeiro aniversário, essa sua vovó coruja, que passa longe de ser poeta, inventou de escrever uns versos pra você. A vovó fez também um registro, mês-a-mês , das suas primeiras conquistas. Ficou guardado comigo, pra te contar um dia, quando você fizesse 15 anos.

Veja só o tamanho da corujice, Nilo!

O MENINO DO BEM-QUERER

Ao completar meu primeiro aninho

Curioso tento entender o vento

Que faz espertas cosquinhas

Nas galhas da amoreira

 

Também me intrigam os gansos

Fazendo aquela zoeira

Quando tento colher pitangas

Na horta do Bem-Querer

 

Ou quando se acerca Linda

Essa cadela matreira

Que para mostrar seu carinho

Tem sempre que me lamber

 

Com ESSE expresso a conquista

Da minha primeira palavra completa

Pra pedir o muiraquitã, o sapo chama-chuva

Que a vovó Zezé me trouxe lá de Manaus

 

ESSE é o sorriso que abro

Quando feliz estico os bracinhos

Para ESSE papai que chega

Pra me encher de carinhos

 

E é ESSE o leite que sugo

Do peito da minha mamãe

Que me mima com muitas cantigas

Na hora que o sono chega

 

ARARA é todo pássaro

É palavra que falo inteirinha

Pra qualquer coisa que voa

 

Menos pra avião

Bicho estranho que chamo de ão-ão

Quando corta o chão da minha casa

 

Ou quando me carrega nos ares

Pra visitar minha bisa Martha

Que mora nos morros das Minas Gerais…

 

2004 – NILO ABRAÇA A VIDA

JANEIRO-21: Nilo vem à luz, via cesárea. Mamãe e papai queriam muito parto normal, mas Nilo começou a soluçar na barriga da mamãe, apressando a chegada. 22: Muitas visitas no quarto do hospital, decorado com girassóis pela vovó Zezé e identificado pelo vovó Nida e tia Tati, para celebrar a tão esperada vinda do Nilo. 23: Nilo vai para casa pela manhã, de sapatinhos vermelhos (superstição da amiga Marcelle) om papai, mamãe, vó Martha e tia Tati, que foram as pessoas que  mais ajudaram a mamãe e o papai a cuidar do Nilo em sua primeira semana de vida. Em casa, Nilo ganha o primeiro banho da vó Martha e do papai. Depois, dorme tranquilo em seu bercinho, ao suave som do seu móbile de bichinhos, mimo do vovô Joe. 26: Nilo sai de casa pela primeira vez, com a mamãe e o papai, para tomar vacinas. 29: Primeira ida ao Aeroporto, para se despedir da bisa Martha, que volta para Minas. 30: Uma semana toda com vovó Nida, importada de Formosa para cuidar da mamãe e do Nilo.

FEVEREIRO-13: Nilo cumpre seu primeiro compromisso social, a formatura do primo Ralph. 14: Primeira visita a Formosa, para os 50 anos da vovó Nida. Depois da festa, Nilo chega ao Bem-Querer. 15: Nilo é batizado na Igreja Nossa Senhora do Rosário – Lago Sul. 16: Primeira roupa repassada, pelo Alex. 19: Banho de balde, simulando o útero da mamãe, para passar o nervosismo da cólica e do calor. 23: Papai volta ao trabalho. 24: Início das manhãs com vovô Irlei e vovó Lúcia, que generosamente se ofereceram para ficar com o Nilo.

MARÇO-04: Nilo esboça seus primeiros sorrisos conscientes ante o olhar atento da vovó Lúcia. Depois sobra sorriso pra todo mundo. 05: Nilo escorrega da tartaruga do projeto Tamar. 06: Papai e mamãe livres para um primeiro e curto passeio noturno. 10: Primeiro grande gasto: papai e mamãe compram um carro, pra mamãe virar motorista do Nilo. 13: Nilo é adotado com muito carinho como bisneto da vovó Terezinha. 25: Vovó Lúcia corta o cabelo do Nilo pela primeira vez.

ABRIL-04: Tia Cris e tio Luli vêm de São Paulo com Julia, Tiago e Arthur para a primeira páscoa do Nilo. 10: Primeira noite inteirinha de sono sereno. 23: Nilo descobre e brinca com seu pezinho. 27: Vovô Irlei deixa Nilo ver TV pela primeira vez, enquanto experimenta sua primeira comida sólida – uma banana amassada. 28: Primeira noite fora de casa, ainda com mamãe e papai, visitando vovô Dias e vovó Nida, em Formosa.

MAIO-05: Vovó Lúcia dá ao Nilo sua primeira refeição completa: sopa de legumes com suco de laranja-lima. 07: No chão do quarto de TV, vovô Joe vê o Nilo rolar pela primeira vez, tentando escapulir do tapete de letrinhas. 24: Mamãe volta ao trabalho. 25: Vovô Irlei apresenta Nilo ao computador.

JUNHO-03: Primeira gargalhada, para a mamãe. 10: Primeiro avião, para Belo Horizonte, para visitar a vó Martha em Ponte Nova. Na cabeça, a touca que o vovô dias comprou para proteger os ouvidos do Nilo. 15: Nilo senta pela primeira vez, no dia do aniversário do Pavo. Primeira festa junina, em casa. 29: Primeiro dia na creche.

JULHO-08: Vovó Zezé ensina Nilo a comer arroz com shimeji, que vira seu prato predileto, depois da beterraba. Tio Ed, de aniversário, ensina Nilo a fazer caretas. 16: Primeiro passeio de eco-turismo, presente da vovó Zezé do vovô Joe, para pousada Mandu Zan-Zan, em Goiás Velho, onde o papai levou o Nilo para tomar banho de cachoeira. 19: Tia Fabíola chega de Cuba e vem conhecer o Nilo. 22: Vovô Magela vem dos Estados Unidos para conhecer o Nilo.

AGOSTO-04: Nilo ganha seu primeiro dente, descoberto pela mamãe depois de uma rara crise de choro. 28: Tio Marcelo chega dos Estados Unidos para conhecer o Nilo.

SETEMBRO-04: Nilo bate palmas pela primeira vez. 12: Nilo pronuncia sua primeira palavra – papa (papai).

OUTUBRO-05: Nilo engatinha na casa da vovó Lúcia, sob o olhar atento do tio Vinícius. 09. Experimenta o balanço do quiosque do Bem-Querer, sob os cuidados do vovô Joe. 26: Vovô, sempre atento, vê Nilo ficar de pé pela primeira vez.

NOVEMBRO-15: Nilo se apaixona pelo mar, que conhece nos braços do papai, em Mangaratiba-RJ. 22:  Nilo fica fascinado pela fonte musical da praça de Poços de Caldas. 25: Experimenta a ginástica olímpica, com a tia Tati.

DEZEMBRO-16: Nilo sobe sozinho os degraus da sala de sua casa. 23: Nilo exprime sua primeira palavra completa – ESSE – ao explicar para a vovó Zezé que queria brincar com o sapo “chama-chuva” que ela havia trazido de Manaus. 24: Nilo se adona do Bem-Querer. 27: Pronuncia sua primeira frase: “Vá bó, a-au” (vai embora, au-au), para a cachorra Linda, que insistia em enchê-lo de lambidas.

JANEIRO-05: Começam os preparativos do primeiro aninho do Nilo. Vovó Zezé, Vovó Nida, tia Martha, tia Tati, tio Ed, mamãe, papai, amigos e a família toda  se juntam em um mutirão de amor para organizar o primeiro aniversário do Nilo. 03. Vovó Lúcia e vovô Irlei se ausentam por uma semana, e é tia Priscila que se vira para ajudar a cuidar o Nilo. 07: Nilo manda o primeiro beijo para a mamãe. 07. Dia de brincar no parque pela primeira vez, com o Pavo. 21. Safari ecológico do Nilo, nas terras do Bem-Querer!

Linha do Tempo construída pela vovó Zezé, com base em anotações da mamãe, do papai, dos vovôs e das vovós para livreto publicado para a festinha do primeiro aniversário do Nilo, nas terras do Bem-Querer, em Formosa, Goiás. A festa começou no dia 21 e terminou na tarde do dia 22. Uma lindeza!

 

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: