Pantanal sofre a maior devastação de sua história enquanto voluntários lutam para salvar os animais

Área queimada é equivalente a Israel. Maior risco para a fauna é cair em áreas de fogo de turfas, a combustão de uma camada do subsolo, que queima e amputa as patas de veados, onças e antas

Por JULIANA ARINI

Os incêndios que assolam o Pantanal há dois meses são os maiores da história. Dados do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) apontam que 15% do Pantanal foi consumido, uma área equivalente a 2,2 milhões de hectares, ou o território de Israel. Até meados de setembro, os satélites que que vigiam a região para o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o Inpe, já detectaram 12.703 focos ativos de incêndio, que representam dezenas de frentes descontroladas de queimadas. São os maiores números da série histórica da instituição, iniciada em 1998.

<

p style=”text-align: justify;”> 

continua depois da propaganda