Piauí, anote aí: Entre 28 e 31 de julho o município de Esperantina, na região de Cocais, realiza o 2º Festival do Peixe, para potencializar a cultura da piscicultura no estado.

O Festival, uma iniciativa da prefeitura de Esperantina em parceria com o governo do estado, Sebrae, Colônia de Pescadores do município e associações locais, foi lançado pelo governador Wellington Dias na manhã no dia 18 de julho,  no salão nobre do Palácio de Karnak, em Esperantina.

O programa dos quatro dias inclui atividades econômicas e culturais, tais como exposição de diferentes espécies de peixes, mostra do trabalho dos piscicultores, atividades esportivas, premiações, escolha da rainha, miss e mister, apresentações artísticas e shows musicais. A expectativa é de que 30 mil pessoas passem pelo festival.

A organização do Festival espera receber cerca de 30 mil pessoas para participar das atividades de comercialização, degustação, competições esportivas, shows, canoagem, entrega do Troféu Balança de Ouro e escolha da Rainha, Miss e Mister.

3d1418ce55_media

Durante o lançamento do Festival,  o Governador Wellington Dias destacou o potencial da produção de pescados no estado: “Hoje, o Piauí é o 5º maior produtor de pescados do Brasil. Em 26 regiões temos condições de produzir para nos abastecer e para exportar. O que precisamos é seguir uma linha de uso mais forte de tecnologia e da profissionalização dessas pessoas que atuam e sobrevivem da atividade para poder ampliar a comercialização desse produto e fazer com que o Piauí se torne um estado rico”.

ANOTE AÍ!

Dados do Governo do Piauí registram a existência de mais de mil pessoas envolvidas com atividades pesqueiras, e que existem cerca de 1.500 espelhos d’água espalhados por todo o Estado.  Esperantina é a cidade que produz a maior quantidade de pescado no Estado do Piauí: são cerca de  5 mil toneladas por ano, o que representa um terço de todo o pescado produzido no Piauí. 

Deixe uma resposta