Dialogando com EUCLIDES DA CUNHA nesse tempo boçal
 
O poeta batista filho, transcende o tempo e espaço e, poeticamente, dialoga com EUCLIDES DA CUNHA pelo reforço da resistência nesse tempo boçal
 
 
dói em mim perceber
que
ao comprido do Tempo
o bicho-homem
– iletrado ou doutor –
sempre arranjou jeito
de abdicar do livre-arbítrio
e não só seguir
como também
se transformar em manada
donde
submisso a um homem-bicho
segue resoluto
pronto a matar e a morrer por
“alguém que lhe traduzisse a idealização indefinida,
e a guiasse nas trilhas misteriosas para os céus”*.
enquanto diferentes berrantes
ajuntam manadas similares
nos quatros cantos do mundo
a Terra vai girando
e seguindo seu caminho
mesmo sendo mutilada
pelo bicho-homem
“que no decorrer da história assumiu o papel de terrível fazedor de desertos”*
tanto no seu entorno
quanto dentro de si mesmo.
há de se tirar água doce
do salobro de nossas almas
para que
a borboleta
e a flor
continuem
a voar e a florir
nas manhãs renovadas.
(encantado, 20/10/2020, madrugada alta.)
.
* Euclides da Cunha, Os Sertões.
Fonte: Facebook

Slide 1

HORA DE VESTIR A CAMISA DO LULA

CONTRIBUA COM A REVISTA XAPURI
PIX: contato@xapuri.info

Block

Mais do que uma Revista, um espaço de Resistência. Há seis anos, faça chuva ou faça sol, esperneando daqui, esperneando dacolá, todo santo mês nossa Revista Xapuri  leva informação e esperança para milhares de pessoas no Brasil inteiro. Agora, nesses tempos bicudos de pandemia, precisamos contar com você que nos lê, para seguir imprimindo a Revista Xapuri. VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM UMA ASSINATURA?

P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, em qualquer dia. GRATIDÃO!

 

continua depois da propaganda