Espaço sagrado Guarani-Kaiowá vira cinzas em Jaguapiru

Principal casa de reza dos Guarani-Kaiowá, na aldeia Jaguapiru, a mais populosa do país, foi totalmente queimada na madrugada do dia 08

Por: Helio de Freitas, de Dourados/Campo Grande News

A principal casa de reza dos Guarani-Kaiowá na reserva indígena de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, foi destruída por incêndio na madrugada de segunda-feira (8).

O fogo queimou totalmente a estrutura de madeira coberta por capim sapé. Com pelo menos 17 mil moradores, a reserva de Dourados é a mais populosa do país.
 
Moradores da aldeia perceberam as chamas no início da manhã e chamaram o Corpo de Bombeiros. Uma equipe foi ao local, mas não conseguiu evitar a destruição total do espaço, considerado sagrado pelos Guarani-Kaiowá.
Em áudio enviado pelo aplicativo WhatsApp, uma moradora da aldeia, chorando, comunicou o fato e pediu para moradores de outras comunidades indígenas de Mato Grosso do Sul.
A casa tem como rezador principal o cacique Getúlio de Oliveira e até agora não há informações sobre o que poderia ter causado o incêndio. Espaço sagrado para os Guarani-Kaiowá, a casa é onde acontecem atividades religiosas, com práticas de cânticos, rezas e danças.
 
Block

Salve! Pra você que chegou até aqui, nossa gratidão! Agradecemos especialmente porque sua parceria fortalece  este nosso veículo de comunicação independente, dedicado a garantir um espaço de Resistência pra quem não tem  vez nem voz neste nosso injusto mundo de diferenças e desigualdades. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto na nossa Loja Xapuri  ou fazendo uma doação de qualquer valor pelo PIX: contato@xapuri.info. Contamos com você! P.S. Segue nosso WhatsApp: 61 9 99611193, caso você queira falar conosco a qualquer hora, a qualquer dia. GRATIDÃO!

SEGUE DEPOIS DO ANÚNCIO