História de Iansã na mitologia

Na sua juventude, Iansã viajou por muitos reinos e foi a paixão de muitos reis, entre eles Exu, Oxossi, Ogum, Logun-Edé. Para conviver com todos esses reis, a deusa se valeu de toda a sua inteligência e astúcia.

Ela não viajou por todos esses reinos e conviveu com esses reis à toa, ela tinha por objetivo aprender o máximo que pudesse sobre todos os reinos e conhecer melhor o universo. Com Ogum ela aprendeu a manusear a espada e ganhou o direito de usá-la.

Após esse feito da história de Iansã, ela viajou para o reino de Oxaguian e lá ele a ensinou a usar o escudo para se proteger dos ataques de inimigos, ganhando também o direito de usá-lo.

Continuando a sua jornada, Iansã conheceu Exu e com ele aprendeu tudo sobre o fogo e sobre a magia. Depois aprendeu com Oxossi como caçar, como tirar a pele do búfalo e como se transformar em um búfalo (com ajuda da magia aprendida com Exu).

Na história de Iansã é relatado que ela fez uma breve passagem pelo reino de Logun-edé e ele a ensinou a pescar. Depois de conhecer esse jovem rei do universo da pesca, sua aventura ainda não havia terminado.

Ela partiu com destino ao reino de Obaluaê com os objetivos de conhecer o seu próprio rosto e de descobrir os mistérios que a cercavam. Aprendeu a lidar com os mortos (os eguns) e como controlá-los. E depois de todas essas viagens, o próximo passo da história de Iansã foi decisivo, pois ela deixou para visitar por último o reino de Xangô.

Iansã acreditava que como Xangô era o mais vaidoso dos reis, com ele iria aprender a viver ricamente. Ao chegar no reino do Deus do Trovão, ela aprendeu a amar da maneira mais verdadeira e sincera que existe e se apaixonou intensamente, como nunca poderia imaginar-se amando. Ele a ensinou como dominar os poderes dos raios e deu a ela o seu coração.

Baseando-se na história de Iansã, não é uma surpresa que para os seus filhos a vida se trata de uma grande aventura, na qual os riscos e os desafios são a melhor parte da história. Tendem a ser pessoas extrovertidas, expansivas e transparentes. Elas não escondem os seus sentimentos e nem os seus anseios. Como amigos, são confiáveis e leais.

Fonte: Astrocentro

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9611 6826. Camiseta Marielle 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: