Rosilene Corrêa é anunciada pré-candidata do PT/DF ao GDF

Rosilene Corrêa é anunciada pré-candidata do PT/DF ao GDF. Partido comunica escolha por voto majoritário do Diretório Regional. 
 
Ninguém vai segurar o renascer da Esperança! Fico muito honrada com apoio de todos e todas nesse momento tão importante da história do DF e do Brasil. 2022 é o ano de que vamos nos orgulhar pro resto de nossas vidas pela luta e pelo trabalho feito. É Lula no Brasil e Rosilene Corrêa no DF. Hoje foi o dia em que o Diretório Regional do PT/DF indicou o meu nome como pré-candidata ao GDF pelo PT e convocou o Encontro Regional para o dia 10 de abril.” (Discurso de Rosilene no Encontro Regional). 
Com 39 votos a favor, zero votos contra e nove abstenções, o Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores no Distrito Federal indicou, neste 26 de março, o nome de Rosilene Corrêa como pré-candidata do PT ao Governo do Distrito Federal. Rosilene é pedagoga, professora aposentada da rede pública de ensino do DF e dirigente sindical  do Sinpro/DF e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). 
Em nota, o PT/DF informa que a confirmação de  Rosilene Corrêa como candidata oficial do Partido ao GDF, a ser referendada pelo  Encontro Regional do PT, marcado 10/04, passa também pela definição tática do PT Nacional, tendo em vista a prioridade do Partido, voltada para a formação de uma ampla frente de alianças para fortalecer a eventual campanha  de Lula à presidência da República. 

Confira a nota do PT/DF na íntegra: 

O Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores do Distrito Federal reunido no dia 26 de março de 2022, após debater a situação eleitoral no Distrito Federal, RESOLVE:

Orgulhosamente compomos o mais importante Partido de esquerda do Brasil, com uma longa tradição democrática e fortes compromissos com a transformação de nosso país.

Temos reiterado nosso compromisso com as orientações nacionais do Partido no que diz respeito às eleições de 2022, cuja centralidade é a eleição do companheiro Lula, colocando fim ao governo do desastre e do ultraneoliberalismo, obscurantista e autoritário.

Aguardamos os encaminhamentos que serão propostos pela Direção Nacional, o que não nos exime de tomar medidas e refletir sobre a organização do nosso Partido no DF, visando a resgatar seu papel na sociedade e suas responsabilidade com a Federação e com partidos aliados.

Neste sentido, em face da discussão que se dá sobre o nome do PT para o Governo do Distrito Federal, entendemos ser chegada a hora do Diretório Regional, proceder à indicação de um nome para oferecer, como alternativa, à discussão que Federação e os Partidos aliados tem feito sobre as eleições de 2022.

Esta decisão não conflita com as orientações nacionais na medida em que a subordinamos à estratégia nacional, reconhecendo que cabe à Direção Nacional considerando o Encontro Regional do DF, encaminhar, em caráter terminativo, a melhor tática que favoreça a eleição do companheiro Lula.

Por estas razões reivindicamos à Direção Nacional que tome conhecimento da posição predominante no Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores no DF.

É importante destacar que as instâncias do partido vem debatendo a tática eleitoral e decidindo consensualmente, desde marco de 2021, os procedimentos e os passos para construir uma grande unidade interna. Da mesma forma, as forças internas do partido, por meio de diversas reuniões vêm discutindo propostas para uma posição unitária.

No entanto, diante da posição assumida publicamente, através de nota à imprensa que contraria o encaminhamento consensuado na reunião do dia 11 de março de 2022, o Diretório Regional se posiciona pela indicação da companheira Rosilene Corrêa como pré-candidata ao Governo do Distrito Federal.

Esta posição, sem prejuízo da tática nacional, deverá ser confirmada ou não pelo Encontro Regional a ser realizado em 10 de abril de 2022.

Votos a favor: 39
Votos contra: 0
Abstenções: 9 

Diretório Regional Partido dos Trabalhadores-DF


[smartslider3 slider=43]

1 comentário em “Rosilene Corrêa é anunciada pré-candidata do PT/DF ao GDF”

  1. O PT tem que trabalhar pela soberania nacional contra o imperialismo com a proposta de soberania nacional o desatrelamento do Real com O Dólar e fazer o cambio com a moeda da OMC. e fazer de argentes da força nacional como lideres comunitários, acabar com policia civil e formar todas as policias sendo militares, PARA isso tem que concluir o projeto – Novo Centro Médico da PMDF
    Acessos: 12196
    Obras do novo Centro Médico da Polícia Militar do Distrito Federal.Cerca de 80% das obras do novo Centro Médico já estão concluídas. A previsão é de que o prédio fique pronto em julho do ano que vem. A construção começou em 2010. O projeto, que está sob a supervisão do Departamento de Saúde e Assistência ao Pessoal (DSAP), está de acordo com o que prevê a lei nº 8.666/93 (Lei de Licitações).

    A instalação do novo centro médico foi projetada para oferecer um serviço alinhado com o que há de melhor nas boas práticas médicas, oferecendo o atendimento hospitalar que o policial militar e seus dependentes merecem. Segundo a chefia do Departamento (coronel Cordeiro), a aquisição dos aparelhos acontecerá após a conclusão da parte física do Centro. As pesquisas de mercado sobre equipamentos hospitalares estão em andamento desde 2012.

    Uma comissão formada desde o inicio das obras zela para que todos os equipamentos tenham alto padrão de qualidade e com tecnologia de ponta. Isso vai permitir que o policial militar tenha um hospital eficiente.

    O novo Centro Médico terá 100 leitos de internação, com potencial para 240 cirurgias por mês e oito mil consultas mensais, nas mais diversas especialidades. Tendo em vista que a expectativa de usuários do sistema hoje gira em torno de 90 mil, haverá uma oferta de cerca de um leito para cada mil usuários, segundo o planejamento.

    O funcionamento do novo Centro será semelhante ao dos hospitais da rede pública de saúde do DF. A ideia inicial é que o Centro Médico comece a funcionar por etapas. O ambulatório será o primeiro a funcionar e, na sequência, serão inauguradas as demais áreas. Para o Centro Médico funcionar em plenitude, é necessário contratar 340 médicos. O quadro atual é composto por 44 médicos.

    Como o total funcionamento do Hospital dependerá da contratação de novos profissionais para aumentar o corpo clínico que já existe, será necessário aprovação da União e do GDF.

    Enquanto o novo Centro Médico estiver em construção e as instalações da antiga Policlínica não oferecem condições para atendimento, haverá terceirização dos serviços por meio da ampliação da rede credenciada.

    A conclusão das obras está prevista para o segundo semestre de 2014, a inauguração será por etapas, primeiro a física e depois a ambulatorial. Em seguida, as demais etapas começarão a funcionar, com o corpo clínico próprio para as devidas especialidades, composto pela parceria púbico privada.

    não terminou esta obra de reconhecimento da policia militar nacional, e esse governo do Bolsonaro fez vários contratos com redes de hospital de judeu para manter a policia civil, e prejudicar as policia militares.

Comentários encerrados.