Por Tempty Suyá

Eu pensava que o mundo era separado, mas não é.

Eu pensava também que a chuva era uma pessoa derramando água para baixo.

E que a chuva tem dono.

Eu pensava que a Terra era uma só aldeia.

Eu pensava que a língua era uma só.

Eu pensava que o rio era um só para nós.

Eu pensava que o Sol era muitos para o mundo, mas não é.

Eu pensava que nós éramos todos iguais.

Eu pensava que o vento era igual a casa de marimbondo.

Eu pensava que todos os índios usavam a mesma língua,

mas tudo é diferente.

Eu pensava que a noite era só na aldeia.

Eu pensava que o céu descia no meio da mata.

Tempty Suyá – Professor Indígena, em Geografia Indígena, MEC/SEF/ISA, 1988.

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: