Os Yawalapiti, cujo nome significa “aldeia dos tucuns”, é um povo indígena de pouco mais de 250 pessoas que vive na porção sul do Parque Indígena do Xingu, na região conhecida como Alto Xingu, no encontro dos rios Tuatuari e Kuluene, distante cerca de cinco quilômetros do Posto Leonardo Villas Bôas.

Na aldeia Yawalapiti, todo mundo acorda cedo, entre 4h30 e 5h, e dorme por volta das 22h. Durante o dia, os Yawalapiti praticam a caça, a agricultura, a pesca e, mais recentemente, o artesanato para venda fora da aldeia, comercializado por instituições parceiras no Brasil e no mundo inteiro.

As mulheres fiam o algodão, tecem as redes e as esteiras, e preparam a pasta de urucum, o óleo de pequi e a tinta de jenipapo. Os homens fazem os cestos, os instrumentos cerimoniais (flautas e chocalhos), e realizam todos os trabalhos em madeira (bancos, pilões, pás de virar o beiju).

Hoje, mulheres e homens produzem belíssimas peças em miçanga de vidro, disponíveis na Loja Solidária da Xapuri: www.xapuri.info/loja-solidaria. Ao comprar uma delas, você fortalece a economia comunitária, a cultura indígena e a resistência milenar do povo Yawalapiti.

ANOTE AÍ:

Fonte: www.pib.socioambiental.org – Fotos: Kaiti Yawalapiti

PARA COMPRAR AS PEÇAS MOSTRADAS NESTA MATÉRIA: www.xapuri.info/loja-solidaria

Comentários

%d blogueiros gostam disto: