Palavras escritas sobre o mal da malária

O que sentimos quando começamos a ficar doentes da malária?

Nós ficamos com febre alta.

Nós temos sensação de frio.

Nós temos tremores.

Nós sentimos dor na região lombar.

Nós sentimos dor nas pernas.

Nós sentimos dores musculares por todo o corpo.

Nós sentimos fraqueza.

Nós sentimos dor abdominal.

CLIQUE NO ANÚNCIO PARA AJUDAR NOSSO PROJETO:

Nós sentimos enjoo.

Nós temos vontade de vomitar.

Nós temos o baço aumentado.

Nossa face fica pálida porque ficamos quase sem sangue.

DE QUE MAL AS PESSOAS ADOECEM QUANDO ESTÃO COM MALÁRIA?

Depois que os brancos invadiram a floresta, a malária se propagou por toda parte. No sague desses brancos há pequenos ovos de malária.

Os médicos conhecem esses pequenos ovos de malária, assim, os chamam de plasmodium. Quando os mosquitos da floresta sugam o sangue dos brancos, eles vão picar os Yanomami.

É assim que os pequenos ovos da malária penetram por sua vez no sangue dos Yanomami. Existem dois tipos de malária:

FALCIPARUM, cujo poder é muito perigoso e faz os Yanomami realmente morrerem.

VIVAX, cujo poder é menos perigoso e faz os Yanomami terem crises repetidas de malária.

CLIQUE NO ANÚNCIO PARA AJUDAR NOSSO PROJETO:

QUANDO ESTAMOS COM MALÁRIA, O QUE FAZER?

Quando reconhecemos no microscópio os ovos da malária, nós tomamos logo os comprimidos contra a malária. Somente tomando o remédio direito é que vamos nos curar.

Se todos os ovos da malária não morreram e nós paramos de tomar o remédio, a doença não vai acabar, ela volta rapidamente a nos atacar.

Quando não havia brancos, os nossos antepassados curavam-se da malária com cascas da floresta. Esses remédios contra malária que usavam os nossos antepassados, continuamos também a usar para nos curar, ainda os guardamos em nosso pensamento.

O QUE DEVEMOS FAZER PARA NÃO PEGAR MALÁRIA?

Quando as pessoas ficam com malária sem parar, nós borrifamos nossas malocas para que os mosquitos morram e que, assim, eles não nos inoculem ovos de malária.

Lá onde tem garimpeiro existe muita malária perigosa, por isso nós queremos que sejam mandados de volta para onde moram os outros brancos.

Quando vamos até lá onde os garimpeiros estão trabalhando, nós ficamos contaminados facilmente. Por isso, quando somos espertos, nós não vamos lá. Até às malocas dos outros que estão com malária, nós também não vamos para não sermos contaminados.

Fonte: Palavras escritas para nos curar. Escola dos Watoriki  theri pe. MEC/SEF/CCPY, 1993.


Mosquirix: Vacina contra a malária!

CLIQUE NO ANÚNCIO PARA AJUDAR NOSSO PROJETO:

A Organização Mundial da Saúde acaba de aprovar (no dia 6 de outubro) a vacina contra a malária. A Mosquirix, um imunizante à base de proteína…

Por Antônio Carlos Queiroz

O fato é histórico, pelo fato de a malária ser uma doença que atinge principalmente as populações pobres do planeta.

Mais de 500 mil pessoas todo ano, 260 mil das quais crianças de menos cinco anos na África Subsaariana.

A vacina, desenvolvida pela GlaxoSmithKline, imuniza crianças conta o parasita Plasmodium falciparum, o mais letal dos cinco patógenos que predominam na África.

Nos testes clínicos, a vacina se mostrou eficaz em 50% dos casos severos da doença, caindo para zero no quarto ano, determinando, portanto, a necessidade de doses de reforço.


Block

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. Você pode apoiar nosso trabalho comprando um produto em nossa loja solidária (lojaxapuri.info) ou fazendo uma doação de qualquer valor via pix ( contato@xapuri.info). Gratidão!


 

CLIQUE NO ANÚNCIO PARA AJUDAR NOSSO PROJETO:
[instagram-feed] [instagram-feed]