Com imensa tristeza, nós da Xapuri endossamos a nota de solidariedade do Sintego aqui apresentado e nos somamos no pesar pela morte de dois estudantes e pelo ferimento de pelo menos outros quatro, por um aluno colega, de 14 anos, que abriu fogo dentro da sala de aula, com uma pistola 0.40, no Colégio Goyases, em Goiânia, na manhã desta sexta-feira, 20 de outubro.

Desejamos paz e solidariedade para os pais, familiares, professores e professoras, amigos e amigas das crianças envolvidas e sentimos muito pelo triste acontecimento no colégio.

NOTA DE SOLIDARIEDADE DO SINTEGO

Em nome do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Goiás – Sintego, a presidenta, Bia de Lima, manifesta o mais profundo pesar pelos óbitos de duas crianças (12 e 13 anos) ocorridos durante o tiroteio no Colégio Goyases, em Goiânia, na manhã desta sexta-feira (20), que deixou também, pelo menos, outros quatro feridos.

Nossa solidariedade se estende às famílias e amigos da vítimas que foram baleadas e aos demais colegas colegas d profissão que presenciaram o ataque.

Apesar do tiroteio ter acontecido dentro de uma unidade de ensino particular, compartilhamos da dor, e nos solidarizamos também com os companheiros do Sindicato dos Professores do Estado de Goiás -Sinpro.

É importante que, em momentos de tristeza, dor e pesar como este, que toda a sociedade, poder público, pais e alunos se atentem para a violência dentro das escolas.

Este episódio lamentável e covarde, deve servir de lição para que investimentos sejam realizados também fora dos muros das escolas, onde a segurança pública deve atuar, para impedir que mais ataques como este venham a acontecer, resguardando, assim, a segurança de alunos e profissionais que atuam dentro das escolas, bem como toda a sociedade, que acaba ficando refém da violência.

Nossa solidariedade às famílias e amigos das vítimas neste momento de dor.

SINTEGO

 

 

 

 

About The Author

Xapuri

Related Posts

Deixe uma resposta