“Infelizmente, a Covid-19 avança inclemente sobre  as populações mais frágeis e vulneráveis. Com nossos povos originários, a situação não é diferente. A cada dia, mais mortes são registradas entre as comunidades indígenas, em todas as regiões do Brasil. No Centro Oeste, a  Covid-19 avança forte sobre os Xavante, um povo valente que, pela pujança de sua cultura, conseguiu resistir a 80 anos de contato com a sociedade nacional. Agora, ante esse terrível vírus, ante essa terrível pandemia, o povo Xavante encontra-se indefeso, e precisa da minha, da sua, da nossa solidariedde.” Lucélia Santos.

No povo Xavante, nessa última semana, são duas mortes por dia. E muitas, muitas pessoas enfermas. Crisanto Xavante, presidente da Federação dos Povos Indígenas de Matp Grosso (FEPOIMT) encontra-se em tratamento, em estado grave, em Barra do Garças. A mãe e o pai de Crisanto também estão doentes, também em estado grave.

Do seu leito de UTI em Barra do Garças, Crisanto gravou um vídeo alertando sua comunidade sobre a gravidade da doença. Veja a seguir a mensagem e o vídeo de Crisanto Xavante:

Povo Xavante, povo verdadeiro, vocês da Terra Indígena São Marcos, estou gravando para vocês, mandando que vocês parem de fazer aglomeração, agora estou no hospital, falando daqui.

Prestem muita atenção no que eu vou falar: se você estiver se sentindo mal, se senitr que a saúde não está boa, que seu peito está doendo, se você está sentindo falta de ar, não espere muito, você deve buscar o tratamento. Quando a doença já estiver tomando conta, é muito difícil de curar. Quando a doença fechar o pulmão, é muito difícil de se salvar, a nossa imunidade é muito baixa para essa doença.

Esta é a mensagem para todos os Xavante: cuidem dos anciãos. Os jovens estão levando a doença para os velhos, por isso prestem muita atenção na minha fala, para não morrer muita gente. Não espera a pessoa piorar para começar o tratamento, desde o começo, quando apresentar dores na garganta, precisa de ir até a unidade de atendimento. Quando piorar, é difícil salvar, por isso estou mandando esta mensagem para a Aldeia São Marcos, Guadalupe, e todas as aldeias da Reserva São Marcos. Campinápolis também, fiquem em casa, por favor! 

Se você vai sair pra cidade, pra receber salário, deve ir rápido, com máscara e proteção individual, tudo higienizado, mantendo 1 metro de distância, e evite aglormeração. Eu peguei essa doença em Campinápolis, eu estava participando de uma reunião virtual junto com outras pessoas, de uma pessoa que chegou de Barra do Garças, por isso estou aqui, fazendo tratamento.

Mando esta mensagem para São Marcos e Campinápolis. Por favor, espalhem minha mensagem. Estou em tratamento em Barra do Garças.”

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: