Itsári: música pra você

Por: Hugo Heringer

De tempos em tempos Itsari é entoado;

O chamado é necessário a cura .. céu claro, as estrelas, o universo…

descem, tocam, curam e se vão.

Criam a conexão de mundos.

Em meados dos anos 90, essa gravação foi realizada … junção tão respeitosa de crença e arte.

Parabéns a banda Sepultura pela sensibilidade e respeito ao ritual …

música pra você: Itsári de Sepultura
https://open.spotify.com/track/78DGy5xF9IQhWrmz71Wuf7?si=JoUne0oNS0CeRfLQaNFLDg

O álbum de 1996, “Roots”, trazia a música “Itsari” (Roots, ou raízes, na língua Xavante), que foi gravada durante a estadia da banda com a tribo, como parte de uma cerimônia de cura. Um pequeno número de Xavantes inclusive viajaram para São Paulo, para participar do concerto “Barulho Contra a Fome”, de 1998, que marcou o início da turnê do grupo para seu próximo álbum, “Against” (como foi documentado pelo “Choke).

Quando perguntado sobre esta colaboração com a tribo, o baterista do SEPULTURA, Igor Cavalera, disse em uma entrevista de 1996: “Após o trabalho com os ‘Kaiowas’ no ‘Chaos AD’, nós pensamos que a única coisa que poderia ser melhor que isso, seria realmente gravar algo fora de controle com eles.”

“A maioria das pessoas brancas que iam lá estavam estudando ou fazendo pesquisa sobre a tribo, então eles não tinham relações com eles… então conosco, eles estavam realmente feliz de nos ter lá, porque nós não os tratávamos como aberrações… Foi somente música. A troca, sabe. Nós não tínhamos compromisso com eles, o que para nós, era realmente importante. Não era como o STING, que vai à tribo e depois tenta fazer algo pela tribo, para salvar a tribo. Nada assim. Nós chegamos lá sem compromisso, só queríamos tocar nossa música e foi isso.”

Sobre como o SEPULTURA escolheu a tribo XAVANTE para colabora, Igor disse: “Eu acho que o principal foi que nós não teríamos que falar com eles através do governo. O fato de nós termos escolhido os Xavantes, foi porque era a nossa palavra e as palavras deles. Não tinha merda envolvida.”

Fonte: Hugo Heringer e whiplash.net

Salve! Este site é mantido com a venda de nossas camisetas. É também com a venda de camisetas que apoiamos a luta do Comitê Chico Mendes, no Acre, e a do povo indígena Krenak, em Minas Gerais. Ao comprar uma delas, você fortalece um veículo de comunicação independente, você investe na Resistência. Comprando duas, seu frete sai grátis para qualquer lugar do Brasil. Visite nossa Loja Solidária, ou fale conosco via WhatsApp: 61 9 9961 1193.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: