Angela Mendes: Que falta que o meu pai me faz!

Angela Chico Mendes: Que falta que o meu pai me faz! No ano em que meu pai foi assassinado, eu estava com dezoito anos e grávida, esperando Angélica Francisca, a minha primeira filha. Como a gente não tinha uma convivência contínua, com ele na luta, e eu aqui em Rio Branco, eu achava que não …

Angela Mendes: Que falta que o meu pai me faz! Leia mais »