Um ramo de Candombá espantando as suçuaranas deslumbradas

Candombá (Vellozia variabilis), arbusto típico do Cerrado. A floração ocorre de abril a agosto, seu caule grosso produz uma resina que entra facilmente em combustão e dizia-se que era a lanterna do povo do sertão, exemplificado no trecho do livro Os Sertões, de Euclides da Cunha: “[…] aquela flora agressiva abre ao sertanejo um seio …

Um ramo de Candombá espantando as suçuaranas deslumbradas Leia mais »