Carlos Marighella

Por que Marighella mete medo?

Por que Marighella mete medo? Por Hélio Rocha “Não à toa a cadeia de homens brancos responsáveis pela condenação politica do único presidente de origem popular do Brasil, um Silva, começa por um Dallagnol, tem seu ponto mais trágico na caneta de um Moro e termina na pantomima de um trio “Gebran, Paulsen, Laus”, sob …

Por que Marighella mete medo? Leia mais »

Por que Marighella mete medo?

Por que Marighella mete medo? Por Hélio Rocha “Não à toa a cadeia de homens brancos responsáveis pela condenação politica do único presidente de origem popular do Brasil, um Silva, começa por um Dallagnol, tem seu ponto mais trágico na caneta de um Moro e termina na pantomima de um trio “Gebran, Paulsen, Laus”, sob …

Por que Marighella mete medo? Leia mais »

Rondó da Liberdade: Um poema de Carlos Marighella

Rondó da Liberdade: Um poema de Carlos Marighella É preciso não ter medo, é preciso ter a coragem de dizer. Há os que têm vocação para escravo, mas há os escravos que revoltam contra a escravidão. Não ficar de joelhos, que não é racional renunciar a ser livre. Mesmo os escravos por vocação devem ser …

Rondó da Liberdade: Um poema de Carlos Marighella Leia mais »

COM SEU APOIO, NÓS FAZEMOS A XAPURI ACONTECER. DOE AGORA. QUALQUER VALOR, VIA PIX.
IMG_8019
ABRA O APLICATIVO DO SEU BANCO, APONTE PARA O QR CODE E, PRONTO, É SÓ DOAR. GRATIDÃO!